Não espere a sua vida começar a vida inteira

clock

 

 

Ontem foi dia de Finados. Muitos visitam seus entes queridos que já se foram, alguns param um momento pra uma oração, uma lembrança e outros param pra pensar na própria vida ou mesmo fazer uma mistura das três coisas, de qualquer forma é um momento de reflexão, de nos lembrarmos que a vida é muito breve e que é melhor aproveitarmos o máximo.
Ontem também, eu fui ver a peça que uma amiga minha dirigiu. Feita por adolescentes, a peça fala sobre vários assuntos complexos de forma muito bonita e reflexiva e termina com a frase: " A criança que você foi teria orgulho de quem você é?" Uma frase muito forte.
Vivemos sempre esperando pelo momento perfeito, já reparou? O momento em que os céus se abrirão e nos darão certezas. O momento em que tudo na nossa vida estará resolvido, calmo, certo. Aí agiremos. Aí seremos felizes. Depois do momento perfeito, poderemos fazer aquilo que tanto sonhamos em fazer.
Acontece que o momento perfeito não existe. A vida não é calmaria, não é certeza, não é segurança. Pra viver é preciso se arriscar um pouco. É preciso se decepcionar um pouco, se arrepender, aprender com que não deu certo. Não vai chegar ninguém te dizendo que está na hora de tentar, de mudar, de correr atrás de um sonho. Quem tem que fechar os olhos e se jogar é você.
Não digo aqui pra fazer tudo sem pensar, pra viver sem responsabilidades, sair jogando tudo pro alto, falo de parar de adiar as coisas que queremos por medo. Sempre existirão motivos perfeitos pra não tentar ou pra desistir, mas você quer viver a vida toda pensando no " e se?"
Fica pra você a decisão então, passar a vida adiando a hora de viver esperando o momento perfeito ou viver de verdade vários momentos que podem ser imperfeitos, mas serão mais felizes.

 
porteu Carolina de Biagi é consultora de estilo e formada em organização de casamentos pelo SENAC. Além de escrever pro blog O Pedido, ela também escreve sobre estilo, moda e auto - estima no blog Um Unicórnio Fashionista. (www.umunicorniofashionista.wordpress.com)